Dekmantel anuncia line-up completo (e fortíssimo) da edição paulistana do festival, que acontece em fevereiro

Claudia Assef
Por Claudia Assef

Você que está bem sem grana (olar, todo mundo), pode começar a achar que 2017 é um ano bem simpaticão. Isso porque logo no início de fevereiro seremos brindados com um line-up mais do que elegante do festival que tem sido o rumo de fãs de música eletrônica de qualidade do mundo todo: o holandês Dekmantel desembarca em São Paulo nos dias 4 e 5 de fevereiro, para a primeira edição internacional do festival.

JeffMills

Jeff Mills é uma das estrelas do line-up do Dekmantel São Paulo

A chegada do festival a São Paulo nasceu de um namoro entre o crew holandês e os DJs do Gop Tun, conforme já contamos aqui. Nesta terça, eles anunciaram 14 novos nomes ao line-up, que já estava bem impressionante. Na nova leva vieram Helena Hauff (na foto que abre a matéria), Dasha RushMakamSan ProperAnthony ParasoleDJ NobuCall SuperJoey Anderson, Huerco S.Aurora Halal (live), Sassy JRenato Cohen, Zopelar (live) e crew do selo 40% Foda/Maneiríssimo (live).

O anúncio dos novos nomes, com adição de quatro mulheres, fortaleceu a participação feminina no line-up, uma crítica que a produção recebeu quando os primeiros nomes foram revelados nas redes sociais.

sassyj

A suíça Sassy J é uma das quatro mulheres que chegaram fortalecendo a participação feminina no line-up

Eles chegam para compor com alguns gigantes da música eletrônica, como Nicolas Jaar (live), Jeff Mills, Nina Kraviz, Moodymann, Ben Klock, John Talabot, Lena Willikens, os brasileiros L_cio, Selvagem, Tessuto, Luisa Puterman, Cashu, Ney Faustini, Carrot Green, Davis, Márcio Vermelho, além da velha e a nova guarda brasilis, representada por Hermeto Pascoal, Azymuth e Bixiga 70, e ícones holandeses como Tom Trago, San Proper, Fatima Yamaha e Juju & Jordash.

Se havia alguma dúvida de que São Paulo está numa fase madura o suficiente para receber um festival com um line-up esvaziado de ícones do pop, o holandês Matthijs Theben, do crew Dekmantel, que se mudou recentemente para São Paulo, onde irá ficar até a data do festival, fez questão de tirar.

L_cio

L_cio vai defender as cores do Brasil no Dekmantel São Paulo

“Sabemos que a cidade hoje não tem uma cena forte de clubes, mas tem promoters de festas fazendo coisas muito interessantes. Num mesmo sábado, é possível ir a uma Gop Tun, uma Capslock e tantas outras festas que acontecem ao mesmo tempo”, disse Matthijs Theben durante sua participação, ao lado de Caio Taborda (Gop Tun), de um painel sobre o Dekmantel na Rio Music Conferece realizada no final de novembro, em São Paulo.

“Nosso lema é simples: não abrimos concessões musicalmente falando. Não fizemos isso lá no início, quando começamos com festas pequenas em Amsterdam, e não faremos agora com os festivais. Se as pessoas gostarem da nossa proposta, elas compram os ingressos”, resumiu o holandês.

Teaser do Dekmantel São Paulo 

Sobre a escolha de realizar a primeira edição fora de Amsterdam em São Paulo, Matthijs explicou que tudo começou com a perfeita sintonia entre a equipe do Dekmantel e os DJs do Gop Tun.

“Primeiro decidimos que íamos fazer um festival com eles, a cidade de São Paulo veio como um bônus. Nos impressionamos muito positivamente com a cidade. Pouca gente na Europa tem ideia do que está acontecendo por aqui”, disse Matthijs.

A programação do Dekmantel São Paulo se divide entre o Joquey Club, que recebe o Dekmantel By Day, e a Fabriketa, que recebe as atrações noturnas do Dekmantel by Night.

As vendas dos Single Day Tickets (sábado e domingo) começam nesta quinta-feira (8). A programação separada por dia será divulgada na quarta (7) no site do festival.

dekmantel

Dekmantel Festival São Paulo 2017
Sábado e domingo, 4 e 5/2
Joquey Club (Day) e Fabriqueta
Preços: de R$ 90 a R$ 400
Link para compra de ingressos aqui

× Curta Music Non Stop no Facebook